Abre Aspas

Um artista corporativo

mktvirtual
Administrador, empreendedor e explicador.
Músico, sonoplasta e meio ator.
Rodrigo Geribello.
Arte e negócios tudo junto e misturado.
A arte aplicada aos negócios e os negócios impulsionando a arte.
Vidas aparentemente distintas que se encontraram pelos bailes da vida.
Em um desses bailes o artista tirou o empresário para dançar.
Depois de anos de flerte e namoro, a paixão virou amor e resolveram se casar.
Cada um juntou sua linguagem e sua história.
Arte e Business agora vivem juntos em um só corpo.
Não só nesse corpo. Geribello não é especial.
“Ninguém é especial, todo mundo é único”.
Essa união sempre existiu.
A questão está no jeito que cada união é formada.
O que antes era escondido, constrangedor, demérito, rebaixamento,
hoje é assumido com orgulho, honrado, diferenciado, construção.
O músico nunca tinha encontrado o explicador.
O administrador tinha raiva do sonoplasta.
O empreendedor tinha vergonha e o meio ator também.
Eram mundos separados.
O mundo dos negócios era levado a sério. Tinha que passar credibilidade e segurança. Tinha que trazer sustento pra família.
O mundo da arte também era levado a sério, mas tinha menos responsabilidade, menos ambição, mais leveza.
Quando junta tudo a princípio parece uma grande bagunça.
É exatamente do caos que emerge a essência do propósito.
Explicar o mundo com linguagem simples e elegante.
O simples das grandes ideias corporativas. O simples de um prelúdio de Bach.
Simples não é simplista. Simples é limpo, claro, fácil de entender.
Elegância é o que tem em um resultado bem apresentado, em uma fórmula de Einstein, em uma valsa de Chopin.
Explicação simples e elegante é entendimento qualificado.